Husky
Emergências
Telefone:
91 21 900 91
Contactos
R. Francisco Lucas Pires, 121
3030-489 Coimbra

Telefones: 239 781 415
telemóvel: 912190091

E-mail: clinica@cvetsolum.pt
Horário de Funcionamento

Segunda a sábado:
10h às 13h e
15h às 20h
Clínica Veterinária da Solum, todos os Direitos Reservados 2012.
Desenvolvido por Ponto d. Vista design e ProjectBox.
DIARREIA EM CÃES E GATOS

A diarreia nos cães e nos gatos consiste na alteração da forma das fezes normalmente acompanhada de um aumento do número de defecações.

Em animais domésticos é útil distinguir dois tipos de diarreia pois têm normalmente causas diferentes:

 

Diarreia Intestino Delgado

  • muito líquida
  • aumento pouco marcado do número de defecações
  • sem presença de sangue vivo
  • sem tenesmo (dificuldade em defecar)
  • bastante debilitante, sendo muitas vezes acompanhada de vómitos e perda de peso

 

Diarreia de Intestino Grosso

  • fezes mais moldadas
  • urgência em defecar
  • aumento muito significativo do número de defecações
  • presença de muco e/ou sangue vivo
  • tenesmo
  • animal continua ativo e muitas vezes com apetite

 

A abordagem ao paciente com diarreia

 

A história é bastante importante: o estado vacinal, a idade e a data da última desparasitação interna são dados importantes a recolher. Em animais jovens as causas infeciosas (víricas, bacterianas ou parasitárias) constituem a origem mais comum de diarreia. As indiscrições e intolerâncias alimentares são também uma causa comum de diarreia. É importante distinguir se é uma diarreia aguda ou crónica (presente há mais de 3 semanas).

Podem ser necessários exames complementares para descobrir a causa da diarreia:

  • exame de fezes
  • hemograma
  • radiografia abdominal
  • ecografia abdominal
  • biópsia intestinal

 

 

Tratamento

  • Probióticos
  • Dieta intestinal
  • antibióticos  
  • Cirurgia em caso de neoplasia